Arquivo da tag: Alexsandro Silva

Salada mista de humor e diversão

Peça tem ingredientes para agradar púbico de todas as idades

Peça tem ingredientes para agradar púbico de todas as idades

logo garanhuns O musical Salada mista tem humor, um toque de inocência, umas gotas de rebeldia, doses generosas de alegria, com reflexões sobre o mundo dos adultos sem cair na chatice. Um grupo de amigos resolve inventar uma brincadeira diferente. E o conto de Chapeuzinho Vermelho se transforma numa telenovela, ambientada nos anos 1960. A trilha sonora traz músicas da Jovem Guarda.

O espetáculo Salada Mista está na programação de hoje do Teatro para Infância e Juventude, no Parque Euclides Dourado, às 16h, dentro da programação do 25º Festival de Inverno de Garanhuns.

A Cia. 2 em Cena de Teatro, Circo e Dança pesquisa há anos as técnicas da Palhaçaria tradicional. Nessa montagem, o grupo explora números de palhaços, entre um capítulo e outro da novela. As crianças também discutem temas como conquista, namoro, casamento, traição e separação. A violência doméstica vai parar na novela de Chapeuzinho e busca refletir sobre os métodos de educação e punição.

SERVIÇO
Espetáculo Salada Mista
Quando:
Terça, 21 de julho, às 16h
Onde:
Espaço de Dança e de Teatro para Infância – Parque Euclides Dourado
Duração:
60 minutos
Indicação:
Crianças a partir de 3 anos

Ficha Técnica
Dramaturgia e encenação: Alexsandro Silva
Atores-palhaços: Jerlane Silva, Flávio Santana, André Ramos, Arnaldo Rodrigues, Paula de Tássia e Douglas Duan
Direção de arte: Marcondes Lima
Direção Musical: Henrique Macedo
Sonoplastia ao vivo: Douglas Duan e Davison Wescley
Concepção de maquiagem: A Cia
Concepção e execução de iluminação: Cindy Fragoso
Confecção de cenário: Nenzinho
Confecção de figurino: Maria Lima
Preparação corporal: Arnaldo Rodrigues
Preparação de atores-palhaços: Alexsandro Silva
Pesquisa: A Cia
Produtores: Alexsandro Silva e Arnaldo Rodrigues
Produção executiva: Arnaldo Rodrigues
Realização: Cia. 2 Em Cena de teatro, circo e dança

Postado com as tags: , ,

O palhaço da minha infância

Palhaçadas - Histórias de um circo sem lona. Foto: Pollyanna Diniz

Palhaçadas – Histórias de um circo sem lona

Palhaças – História de um circo sem lona, montagem da Cia 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança, é uma prova de que o “tradicional” pode sim nos envolver e surpreender. De que “invencionices” nem sempre são necessárias para nos levarem ao espaço do lúdico, da imaginação, da risada despretensiosa – mas que é cheia de significados, como só a criança consegue dar.

A peça, que foi encenada no Janeiro de Grandes Espetáculos e ganhou os prêmios de melhor ator (Alexsandro Silva), melhor ator coadjuvante (Arnaldo Rodrigues) e maquiagem, é fruto da pesquisa sobre Palhaços Brasileiros – A formação do palhaço no Brasil, realizada pela companhia.E não dá mesmo para dissociar o resultado no palco do mergulho que esses atores engendraram pelo circo tradicional. É consistente, rico, tem densidade. A dramaturgia, assinada por Alexsandro Silva (além da encenação e da preparação de palhaços), os números, as piadas, a maquiagem, o figurino, tudo tão conhecido – poderia mesmo cair no “mais do mesmo”, mas eles escapam disso com competência.

São dois palhaços que perderam tudo num incêndio e daí partem para se apresentar nas ruas. A dupla Alexsandro Silva e Arnaldo Rodrigues é uma delícia. E o primeiro consegue uma empatia com as crianças surpreendente. Quem nunca viu o número do fantasma no circo? Quer mais clichê? Mas é maravilhoso e as crianças de hoje definitivamente merecem isso.

Outro ponto alto da montagem é a música ao vivo com Flávio Santana e Davison Weslley. Agrega poesia, lirismo, brincadeira, timing certo para os números. O único momento em que para mim há uma quebra no ritmo da montagem é exatamente o final. É como se a peça viesse sempre no crescente de força e energia e naquele momento para todo mundo sair feliz do teatro – houvesse uma quebra nesse ritmo.

Palhaçadas – Histórias de um circo sem lona já tem sete anos de estrada e fez muitas apresentações em espaços públicos, principalmente em feiras livres. E, segundo os atores, está em constante recriação para nos fazer amar de novo – e sempre – a figura do palhaço.

O fantasma! Atrás de você!

O fantasma! Atrás de você!

Postado com as tags: , , , , , , , ,

Premiados Apacepe – Teatro Infantil

Tam Tam e Baju dividiram prêmio de melhor atriz. As outras ficaram com ciumes!

Tam Tam e Baju dividiram prêmio de melhor atriz. As outras ficaram com ciumes!

Melhor Espetáculo Pela Comissão Julgadora:
Indicados:
As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças (Cia. Animée)
Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona (Cia. 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança)
Seu Rei Mandou… (Cia. Meias Palavras)
Vencedor: As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças (Cia. Animée)

Melhor Espetáculo Pelo Júri Popular: Seu Rei Mandou… (Cia. Meias Palavras)

Melhor Diretor:
Indicados:
Alexsandro Silva (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Luciano Pontes (Seu Rei Mandou…)
Vencedor: Luciano Pontes (Seu Rei Mandou…)

Mary Enn toda assanhada agarrando Luciano Pontes. Foto: Pollyanna Diniz

Mary En toda assanhada agarrando Luciano Pontes. Foto: Pollyanna Diniz

Melhor Ator:
Indicados:
Alexsandro Silva (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Luciano Pontes (Seu Rei Mandou…)
Vencedor: Alexsandro Silva (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)

Melhor Ator Coadjuvante:
Indicados:
Arnaldo Rodrigues (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Ewerson Luiz (Cantarim de Cantará)
Flávio Santana (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Sóstenes Vidal (Cantarim de Cantará)
Vencedor: Arnaldo Rodrigues (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)

Melhor Atriz:
Indicados:
Enne Marx, Juliana de Almeida, Nara Menezes e Tâmara Floriano ( todas de As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Vencedores: Juliana de Almeida empatada com Tâmara Floriano (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)

Melhor Maquiagem:
Indicados:
Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Cia. 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Vencedor: Cia. 2 Em Cena de Teatro, Circo e Dança (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)

Arnaldo Rodrigues e Alexsandro Silva, de Palhaçadas - Histórias de um circo sem lona

Arnaldo Rodrigues e Alexsandro Silva, de Palhaçadas – Histórias de um circo sem lona

Melhor Figurino:
Indicados:
Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Eri Moreira (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Luciano Pontes (Seu Rei Mandou…)
Sérgio Ricardo (Cantarim de Cantará)
Vencedor: Luciano Pontes (Seu Rei Mandou…)

Melhor Cenografia:
Indicados:
Alexsandro Silva e Arnaldo Rodrigues (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Vencedor: Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)

Melhor Trilha Sonora:
Indicados:
Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Flávio Santana e Deivson Wesley (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Luciano Pontes e Gustavo Silvestre (Seu Rei Mandou…)
Vencedor: Cia. Animée (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)

Melhor Iluminação:
Indicados:
Cindy Fragoso (Palhaçadas – História de Um Circo Sem Lona)
Luciana Raposo (Seu Rei Mandou…)
Saulo Uchôa (As Levianinhas em Pocket Show Para Crianças)
Vencedor: Luciana Raposo (Seu Rei Mandou…)

Não houve indicação para as categorias de: Ator e Atriz Revelação e Melhor Atriz Coadjuvante.

Comissão Julgadora Dança: Cláudio Lacerda, Íris Campos, Marisa Queiroga, Míriam Asfóra e Paulo Henrique Ferreira

Postado com as tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Fim de férias

Está terminando neste fim de semana o 8º Festival de Teatro para Crianças de Pernambuco. Por isso mesmo, nao percam a oportunidade de levar filhos, sobrinhos, netos ao teatro. A programação tem contemplado peças de muita delicadeza, divertidas, e que dão um panorama do que está sendo produzido em teatro para infância e juventude no país.

Vamos à programação:

Mania de explicação – Texto: Adriana Falcão. Direção: Rodolfo Vaz. Com a Cia. Canguru de Teatro de Bolso e Bonecos (Belo Horizonte – MG). Garotinha busca explicações para várias palavras, apresentadas de forma poética e lúdica. Teatro de Santa Isabel (Praça da República, s/n, Santo Antônio). Sábado e domingo, às 16h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10. 2 anos. Informações: (81) 3355-3323.

Mania de explicação será apresentada no Santa Isabel. Foto: Fernanda Nasser

O contrarregra – Texto: Jackson Zambelli e Reveraldo Joaquim. Direção: Jackson Zambelli. Com o Cirquinho do Revirado (Criciúma – SC). Os bastidores de um circo são mostrados através do teatro de bonecos. Teatro Marco Camarotti (Sesc Santo Amaro, Praça do Campo Santo, s/n, em Santo Amaro). Sábado e domingo, às 16h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). 4 anos. Informações: (81) 3216-1721.

O contrarregra, com o Cirquinho do Revirado. Foto: Gilmar Axé

O Urubu Cor-de-Rosa – Texto: Suzany Porto. Direção: Guto Lustosa. Com o Grupo Scenas (Recife-PE). De forma descontraída, a peça trata do preconceito e da convivência harmoniosa com as diferenças. Teatro Barreto Júnior (Rua Estudante Jeremias Bastos, 121, Pina). Sábado e domingo, às 16h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10. Informações: (81) 3355-6398.

O urubu cor de rosa é representante de Pe neste fim de semana. Foto: Williams Uchôa

A céu aberto circo pano de roda lona estrela – Direção: José Manoel Sobrinho. Dramaturgia: Alexsandro Silva. Com a Cia 2 em Cena. Seis palhaços moram num circo e resolvem se disfarçar de patrão, para mudar toda a função. Sítio da Trindade (Estrada do Encanamento, Casa Amarela). Domingo, às 16h. Opção gratuita no festival.

Zé Mané, Primazé e outro Zé – Texto: Tuna Serzedello. Direção: Soledad Yunge. Com a Cia Falbalá (São Paulo-SP). Baseada em contos populares sobre a morte, a peça faz divertida homenagem à vida, através de três personagens. Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu (Avenida Boa Viagem, Boa Viagem). Sábado e domingo, às 16h30. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). 4 anos. Informações: (81) 3355-9823.

Peça será encenada no Dona Lindu. Foto: Claudio Patto

Postado com as tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,